domingo, 19 de dezembro de 2010

Entrega de prémios

No último dia de aulas do período foi dia de grande festa, pois estava chegado o dia da entrega dos prémios aos alunos participantes e/ou vencedores das diversas actividades desenvolvidas, que se elencam aqui:
Questionário do Centenário da República
Questionário dos Hábitos Alimentares
Cartazes "Outubro Mês das Bibliotecas Escolares"
Concurso de fotografia sobre biodiversidade animal/vegetal
Bibliotesouro
Eu Li e Gostei
Torneio do Jogo do 24

Concurso de Leitura - "Mataram o Rei"

Depois da leitura da obra "Mataram o Rei", de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, foram muitos os alunos do 5º e 6º anos que vieram à biblioteca participar no concurso de leitura.
Agora é só esperar pelos vencedores...
Entretanto vejam o quanto eles estavam concentrados durante a realização da prova escrita.

Torneio do Jogo do 24

Inserido na planificação do Projecto Espaço BiblioMat realizou-se esta semana o torneio do Jogo do 24.
Os alunos adoraram participar, mesmo os que faseadamente iam sendo eliminados.
Vejam aqui as fotos:

sábado, 18 de dezembro de 2010

Já temos Contadoras de histórias

As alunas do 8º ano ofereceram-se para contar as histórias de Natal aos alunos.
Parabéns às meninas que se revelaram umas excelentes contadoras de histórias.

Vem Ouvir um Conto

As turmas do 5º e 6º anos foram à biblioteca Ouvir Contos de Natal...
Vejam as fotos:

O Natal na biblioteca

Vejam que bonita e alegre está a biblioteca com os trabalhos realizados pelos alunos em Educação Visual e Educação Tecnológica.
As mensagens de Natal são dos nossos muitos leitores...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Sessão de Literacias da Informação sobre Biodiversidade com o 6º B

Olhem como estão concentrados na realização das tarefas...

Sessão de Literacia da Informação sobre Biodiversidade com o 6º F

Vejam como eles trabalham...

Literacias da Informação - Biodiversidade

Na continuidade do desenvolvimento do Programa de Literacias da Informação, desenvolveram-se duas sessões de trabalho de pequisa de informação sobre a temática da Biodiversidade.
Veja a planificação entregue aos professores:

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Depois de conhecerem a história "Também se morre de amor?"



Ao longo da semana a história "Também se morre de amor?" foi lida pelos professores de Língua Portuguesa às turmas de 3º ciclo.
Na biblioteca a história estava exposta em "grande" para que todos pudessem ler e depois os alunos eram convidados a fazer um comentário sobre a mensagem da história de vida de Marta.
O resultado da participação foi o seguinte:
5º ano - 17 comentários
6º ano - 18 comentários
7º ano - 6 comentários
8º ano - 4 comentários
9º ano - 17 comentários
Sem identificação - 3 comentários

Deixamos aqui alguns dos comentários dos alunos:
A história enche-nos a alma de felicidade! Pode ser triste, mas é bonita: como se refere no texto, de amor não se morre, mas de tristeza sim. E, por isso, para Marta, morrer de SIDA ou de amor, no final da sua vida, já tanto lhe fazia…
Mafalda Santos, 7ºA

Acho esta história bonita e comovente.
Espero que toda a gente que toda a gente que tem SIDA seja forte.
Margarida Amorim, 7ºE

Eu achei esta história muito interessante e, simultaneamente, um pouco triste… Sobretudo elucidou-me sobre os cuidados que devo ter para evitar a SIDA.
Ana Rita, 7ºE

Este testemunho alerta-nos para o contágio da SIDA: as pessoas devem proteger-se para o evitar.
José Luís, 8ºF

Esta história verídica deve interpelar-nos para evitarmos pisar o mesmo risco…
Fernando, 8ºA

Não nos devemos precipitar nem deixar-nos levar pelos sentimentos, por muito fortes que sejam. Temos que usar a cabeça, pois é para isso que ela serve. Isto já não acontece por falta de informação, porque, hoje em dia, há imensa.
Sejam inteligentes!
Paula Barbosa, 9ºD

Não devemos deixar-nos levar pela emoção
Temos de ser racionais e apostar SEMPRE na prevenção!
Maria Carolina, 9ºD

Evita a SIDA, protege a tua vida!
Cristina Vilela, 9ºF
Com esta história aprendemos a ver coisas que existem para além de “nós”, coisas que pensamos que só acontecem aos outros, mas que também nos podem acontecer a nós…
Devemos ser prudentes nas atitudes e acções.
Margarida, 9ºA

Não nos podemos deixar levar por impulsos ou desejos, temos que ser racionais! A prevenção é um bem essencial e todos têm que se prevenir para que situações como esta não se repitam.
Joana Melo, 9ºD

Eu achei esta história “super” comovente.
Prova que devemos ter cuidado com as nossas escolhas. Pois um passo em falso e deitamos tudo a perder.
Gabriela, 9ºA

Achei este testemunho importante para os adolescentes de hoje, pois todos sabemos que, por vezes, as emoções falam mais alto. E ficamos, então, com problemas acrescidos. Por isso, espero que este texto alerte todos para a necessidade de prevenção.
Patrícia Ribeiro, 9ºD


Esta história é um pouco triste mas também é uma grande lição para os adolescentes.
Adriana Sousa, 6º F


Acho este texto muito bom para reflectir sobre o assunto. Acho que a SIDA está muito bem explicada num só texto.
Maria João, 6º F


Esta história é complicada, interessante, triste e sem resposta. São coisas da vida que acontecem!
Rute, 6º H




Eu acho que é uma história bonita mas um bocado triste. A lição que podemos apanhar desta história é que temos que ter cuidado quando temos relações sexuais com alguém.
Carlos Afonso, 6º C


Esta história tocou-me no peito, deu-me um arrepio… Isto fez-me reflectir que é preciso ter cuidado. Usem os métodos de prevenção hoje, amanhã pode ser tarde demais!
Renata Gomes, 6º E


Em tudo nós temos de ter cuidado em todas as coisas mesmo. Ao ler a história já sei que tenho que me prevenir. Tenho pena da Marta, quando li a sua história fiquei arrepiada da cabeça aos pés.
Abigail Rodrigues
5º D


Eu achei a história muito interessante pois esclarece muitas dúvidas e ajuda-nos a perceber como se transmite a doença SIDA.
Inês Sabálo, 5º H


Achei a história muito engraçada e recomendo a todos que leiam.
Joana Lopes, 5º G


É um exemplo para os mais novos, ensina-nos como é que se transmite a SIDA.
Diana Jorge, 5º A


O texto que li era interessante e deu para aprender alguma coisa.
Mariana Oliveira, 5º H